29 de fev de 2012

Goriki Ayame interpretará heroína no dorama de Mirai Nikki

Em fevereiro a Fuji TV anunciou um dorama para o mangá Mirai Nikki (Diário do Futuro), estrelando o ator Okada Masaki. Agora foi revelado que a heroína da história será interpretada pela nova atris que está fazendo bastante sucesso, Goriki Ayame.
Goriki tem aparecido em ao menos uma série de drama a cada estação desde que estreou em 2011, incluindo dois papéis nos shows "IS ~Otoko Demo Onna Demo Nai Sei~" e "Teen Court ~10-dai Saiban~" (ainda no ar).
A série de drama "Mirai Nikki -ANOTHER WORLD-" será baseado no mangá shonen de Esuno Sakae, apesar de grandes mudanças terem sido feitas. A história gira em torno de 12 pessoas que obtêm um "Diário do Futuro", o qual contém coisas escritas sobre o futuro. Eles são forçados a jogar um jogo de sobrevivência no qual eles devem usar os diários para matar uns aos outros até ser o único sobrevivente.

Yuno, a heroína do mangá, foi re-criada como um novo personagem com o mesmo nome. De qualquer forma, o personagem ainda é um dos donos de um dos diários e ela tem uma paixão do tipo perseguidora (Stalker) no personagem de Okada, Hoshino Arata.

Mirai Nikki estréia em Abril na Fuji TV nos sábados das 11:10pm às 11:55pm.

Fonte ta notícia: tokyograph.com

Japão conclui construção de torre mais alta do mundo

O ano passado, a Tokyo Sky Tree que foi reconhecida como a torre mais alta do mundo pelo Guinness, foi concluída nesta quarta-feira (29) na capital japonesa.
Mascote da torre posa ao lado do presidente da companhia dona da Tokyo Sky Tree durante cerimônia em que foi entregue o certificado do Guinness (Foto: Hiro Komae/AP)
Foto de Hiro Komae, retirada do g1

A Sky tree conseguiu chegar  aos 634 metros de altura no mês de março do ano passado, ultrapassando a Canton Tower, na China.

Apesar disso a torre não é a edificação mais alta do mundo, pois é superada pelo  Burj Khalifa com 828 metros de altura, em Dubai. Segundo o Guinness, o prédio de Dubai é a estrutura mais alta do mundo. 

Trata-se da mais alta torre de difusão de TV no mundo, seguida apenas pela de Cantão na China( 600 metros).
Tokyo Sky Tree é vista entre edifícios de Tóquio, que ao seu lado parecem baixos (Foto: Hiro Komae/AP)
Foto de Hiro Komae também retirada do g1

Ela foi apresentada como um novo símbolo da reconstrução do Japão, deveria ter sido concluída em dezembro do ano passado, mas devido ao acidente da central de Fukushima, foi preciso economizar energias, freando então o ritmo das obras. Mas o mais impressionante, é que a própria torre conseguiu resistir ao triste terremoto que sacudiu Tóquio e o nordeste do Japão no dia 11 de março do ano passado.

Sua construção foi iniciada em julho de 2008, mobilizando 580.000 operários, relembrando a Tokyo Tower.
A construção já vem atraindo milhares de curiosos, apesar de não ter ainda escritórios nem apartamentos, mas foi dotada com duas plataformas de observação, de 350m e 450m de altura.
Os arredores próximo a torre já começaram a ser readaptados para transformar o local em um novo centro turístico, de eventos e comercial, num bairro da zona norte de Tóquio onde ainda falta dinamismo, mas também onde os preços dos apartamentos vêm aumentando de forma exagerada nos últimos anos.
Fonte:g1

AKB48: Mayu Watanabe e sua carreira solo.

A ídolo pop Mayu Watanabe da banda AKB48 aparecerá na estação online ao vivo "Doki Doki Jouto Synchro Shiyouze!" para fazer sua primeira apresentação solo.
Watanabe debutou como artista solo com seu primeiro single, Synchro Tokimeki, em Março e com isto ela anunciou seu primeiro evento solo, Minna to Synchro Shiyou! Mayuyuno Tokimeki LIVE,  que se expandirá por mais de 3 meses e inclui 6 paradas.

Durante a apresentação ela cantara seu sigle e outras músicas escolhidas pela maioria dos fãs. O evento ao vivo irá ao ar em serviços online como AmebaStudio e USTREAM. Além do primeiro evento ao vivo, ela estará no 3 min Talk ou terá outros eventos nos quais os fãs poderão vela ao vivo. Todos estes ocorrerão durante o evento solo ao vivo.

fonte: jpopasia.com

UVERworld: Já tem novidades para 2012.

A banda de rock UVERworld anunciou as primeiras novidades do ano.

O lançamento do seu primeiro single de 2012, intitulado "7th Trigger", já tem data marcada. Sairá em uma versão regular e uma edição limitada em DVD.
A tracklist é:
1 - 7th Trigger
2 - Baberu ~koutei no atarashii fuku ver. ~
3 - AWAYOBUKA - kiru

Está programado para chegar às lojas no dia 28 de Março.

Uma semana depois, no dia 4 de Abril, UVERworld lançara um DVD ao vivo, "UVERworld 2011 Premium LIVE on Xmas". Terá uma edição regular e uma limitada. A segunda virá com um photo book especial de 36 páginas.
Também está anunciado que haverá uma edição em blu-ray, com lançamento marcado para um mês depois, dia 2 de Maio.

E isto não é tudo! Revelaram que a partir do dia 6 de Maio eles estarão embarcando em um novo tour que os levará por 20 diferentes cidades para 24 performances a ser concluído na arena de Yokohama no dia 8 de Júlio. A venda dos ingressos começa no dia 7 de Abril.

E aí, que acharam das novidades? Sei que será difícil (ao menos para eu) ir ao show, mas já é bem animador ver que a banda vai começar o ano com tudo!

Fonte: jpoasia.com

28 de fev de 2012

Novo Live de Detetive Conan

O terceiro tópico da Shonen Sunday revelou que Detetive Conan ganhará uma adaptação live-action especial para a TV. A nova adaptação contará ainda com o elenco do especial de fim de ano e séries subsequentes.
O elenco inclui Junpei Mizobata (Hana-Kimi, 81diver, Shibatora, High School Debut) como Kudo Shinichi, Shiori Kutsuna (Mei-chan no Shitsuji, Beck, Gota Kenshi: Jidan Koshonin Shirai Torajiro) como a heroína Ran, Tori Matsuzaka como Heiji Hattori, Rei Okamoto como Kazuha Toyama e Takanori Jinnai como Kogoro Mori.

Enquanto o mangá segue o personagem principal, Kudo Shinichi, resolvendo problemas enquanto está preso em um corpo de criança, o live se passa antes do mangá, quando Shinichi ainda era um adolescente.
No novo especial, Shinichi e Heiji vão competir para resolver um assassinado em um estúdio de filmagem em Kyoto.

Fonte: jpopasia.com

26 de fev de 2012

Patema Inverted: Começo do dia.

O criador de Time of Eve, Yasuhiro Yoshimura, apresentou o primeiro episódio de Patema Inverted: Começo do Dia, prólogo de seu filme Patema Inverted (Sakasama no Patema), durante um evento no sábado. Seus assistentes mais tarde exibiram o episódio no GyaO! e no Nico Nico Video. O episódio de seis minutos mostra os eventos de um dia antes da estória do filme e pode ser visto (em japonês e sem legenda, ainda não conseguimos um link melhor) aqui.
A estória do filme se passa em um mundo subterrâneo onde túneis se estendem a todos os locais. Apesar de viverem em espaços escuros e confinados, as pessoas usam roupas protetora e vivem vidas bem proveitosas. Patema, uma princesa de um vilarejo subterrâneo, ama explorar os túneis. Seu local favorito é uma zona de perigo na qual as autoridades do vilarejo dela proíbe as pessoas de entrar. Mesmo sendo escoltada, a curiosidade da princesa não pode ser contida e ela consegue ir ao local.
Ninguém jamais explicou qual o suposto perigo do local era e em uma viagem tranquila e costumeira à tal zona de perigo, ela se defronta com eventos inesperados... Segredos escondidos vem então à luz e a estória começa a ser desvendada.

25 de fev de 2012

Sumie

A origem do sumie está nos mosteiros budistas da China durante a dinastia Sung (960-1274), com o nome de suiboku-ga (pinturas monocromáticas de tinta carbono). Ela foi levada ao Japão no século 14, cuja temática era essencialmente religiosa (zen-budista) representando elementos budistas como círculos (vazio interior) ou a natureza como rochas e águas.

A partir do século 15 (Período Muromachi), o sumie se impõe como arte independente marcada pelo surgimento de importantes artistas, como Sesshu, que criam uma linguagem japonesa. Sesshu utilizava a técnica conhecida como shumpo - pincelava com linhas grossas e exageradas junto com linhas finas e delicadas para produzir um efeito de tridimensionalidade.
O sumie possui traços semelhantes aos da caligrafia e usa praticamente os mesmos materiais (suzuri - recipiente para preparar a tinta; fude - pincel, papel; e sumi - tinta feita de fuligem de plantas e cola) e segue os mesmos princípios: pinceladas com grande controle e energia. E mais do que isso, muita concentração: a tinta não pode ser removida do papel ou alterada.
Sumie fotográfico.

24 de fev de 2012

Shaso Mankitsu, brinquedo para fãs obcecados por trens

Não sei se vocês acompanharam, mas ano passado a fabricante de brinquedos japonesa Wiz, lançou um brinquedo, que eu particularmente achei muito legal, especialmente para as pessoas que adoram fazer gravações de  trens em movimento( que no Japão é conhecido como tetsudo).

"Notamos que existiam vários vídeos de trens em movimento no Youtube", disse Momo Yamada porta voz da WiZ. "Queriamos ter a certeza que conseguiriamos satisfazer os fãs de tetsudo", após a criação do Sasho Mankitsu, uma miniatura que recria a experiência da viagem de trem. No espaço reservado para a janela, basta encaixar a tela do smartphone usado para a gravação. Os modelos que são compatíveis são o iPhone 4S/4EGS, Samsung Galaxy S/SII Regza Phone da Fujitsu, Sony Xperia e MEDIAS da NEC Casio.

O brinquedo começou a ser vendido em novembro do ano passado no Japão, pelo preço de 2100 ienes. Por enquanto só está disponível no Japão, mas a WiZ pretende levá-lo para outros países também. Abaixo você pode conferir como funciona o Shaso Mankitsu:

23 de fev de 2012

Ukiyo-e

Ukiyo-e ("retratos do mundo flutuante"), conhecido também por estampa japonesa, é um estilo de pintura similar a xilogravura desenvolvida no Japão ao longo do período Edo (1603-1867). Foi uma técnica amplamente difundida através de pinturas executadas com o auxílio de blocos de madeira usados para impressão entre os séculos XVIII e XIX (fim do período Edo). Geralmente representava temas teatrais.

Ukiyo-e é escrito geralmente com os kanjis 浮世絵, que significam "retratos do mundo flutuante", mas no começo de sua utilização (século XVII) também era chamado de 憂き世絵 ("retratos do mundo triste"). Conforme as pinturas passaram a ser feitas cada vez mais para o entretenimento a forma "retratos do mundo flutuante" se tornou dominante.

Essa forma de arte cresceu em popularidade na cultura metropolitana de Edo (antigo nome de Tóquio) durante a segunda metade do século XVII, tendo se originado das obras monocromáticas de Hishikawa Moronobu na década de 1670. No começo só se usava "tinta indiana". Aprimorada em meados do século XVIII, porem acabou sendo adotada por Hozumi Harunobu que desenvolveu a técnica de impressão policrômica (Nishiki-ê).

O Ukiyo-e difundiu-se rapidamente devido à facilidade em ser produzido em massa. Suas obras eram adquiridas principalmente pelos comerciantes burgueses, que geralmente não eram ricos o bastante para encomendar uma pintura original. O tema original do Ukiyo-e era a vida urbana, especificamente atividades e cenas da área do entretenimento: belas cortesãs, lutadores de sumô e atores populares retratados quando ocupados em atividades interessantes. Mais tarde as paisagens também se tornaram populares. Assuntos políticos e os indivíduos da alta sociedade só apareciam raramente. O sexo não era um assunto evitado, ao contrário figurava constantemente nas pinturas do estilo. Os artistas e seus editores às vezes eram punidos por criar retratos particularmente explícitos, os chamados Shunga.
O Ukiyo-e é produzido ainda hoje e é influente de várias formas, inspirando, por exemplo, alguns mangás. (Desenhos em estilo ukiyo-e figuram, entre outros, nos mangás de Lobo Solitário e Filhote.

Desenhos de alguns dos principais artistas:
  
As cópias de Ukiyo-e eram feitas através dos seguintes passos:

    - O artista produzia um desenho matriz usando tinta;
    - Um assistente, então chamado de hikkō, criaria um traço (hanshita) do mestre;
    - Os artesãos colam esse desenho (hanshita) com a frente para baixo num bloco de madeira. Em seguida talham o bloco nas áreas onde o papel estava em branco, deixando o desenho invertido como uma cópia em relevo no bloco, mas eliminando o desenho original;
    - Este bloco era colorido e impresso, fazendo cópias próximas à exatidão do desenho original;
    - Estas cópias por sua vez eram coladas, com a frente para baixo em outros blocos e aquelas áreas da obra que deviam ser impressas em uma cor específica eram deixadas em relevo. Cada um destes blocos imprimiria ao menos uma cor no projeto final;
    - A combinação resultante dos blocos de madeira eram recoberta em cores diferentes e impressas sequencialmente no papel. A impressão final firma as impressões dos blocos anteriores, sendo que alguns podem ser impressos mais de uma vez para obter uma maior profundidade da cor.
  
 Aqui mesmo, no blog, já usamos figuras com desenhos no estilo Ukiyo-e para representar certo assunto (^_^)



Fonte: Wikipedia

21 de fev de 2012

Seppuku


Seppuku (切腹) é o termo formal para o ritual suicida chamado popularmente de harakiri (腹切り). Harakiri significa literalmente "cortar a barriga" ou "cortar o estômago". Era cometido por guerreiros samurais. Ele é feito para recuperar a honra pessoal ou limpar o nome da família, caso essa honra fosse perdida em alguma atitude indigna, evitar ser sequestrado em um campo de batalha ou por pura lealdade ao daimyo (senhores feudais) e acompanhá-lo eternamente.
 

Seppuku era um ritual que seguia sempre a mesma ordem: o samurai banhava-se para purificar seu corpo e a sua alma. A seguir vestia a roupa específica do seppuku, totalmente branca, tomava uma xícara de saquê, sempre em dois goles, e a seguir escrevia um ou dois poemas de despedida. Então deveria ajoelhar-se e enfiar sua tanto, wakizashi ou um punhal, na barriga, no lado esquerdo, e cortá-la então, até o lado direito deixando assim as vísceras expostas para mostrar sua pureza de caráter e no fim puxar a lâmina para cima, fazendo assim um corte em cruz. O seppuku era horrivelmente doloroso, mas o samurai, de acordo com o seu código de honra, não podia demonstrar dor ou medo ao realizá-lo.

No mundo dos guerreiros, seppuku era um feito de bravura que era admirado em um samurai que sabia haver sido derrotado, caído em desgraça ou mortalmente ferido. Significava que ele poderia terminar seus dias com os seus erros apagados e sua reputação não apenas intacta como engrandecida. O corte do abdômen liberava o espírito do samurai da forma mais dramática, sendo uma forma extremamente dolorosa, lenta e desagradável de morrer. Não raro, o samurai, após abrir o ventre, permanecia vivo por horas ou mesmo dias, esvaindo-se em sangue e ao mesmo tempo sentindo uma dor indescritível. Por isso, algumas vezes o samurai que o fazia pedia a um companheiro leal que fosse seu assistente e lhe cortasse a cabeça antes que esta pendesse ou que demonstrasse não estar mais suportando a dor, o que seria considerado uma desonra tanto para o que cometeu seppuku quanto para o assistente. O assistente precisava ter um domínio magistral da técnica da espada para que fosse chamado a executar essa função, pois ao degolar o companheiro, a cabeça deste não podia rolar para o chão, o que seria considerado um desrespeito ao mesmo e a seus familiares. Assim, o corte executado pelo assistente só podia abrir a garganta do samurai, jamais romper suas vértebras. Daí a necessidade do companheiro que assistia o samurai suicida ser um exímio espadachim. Esse ato era chamado de kaishaku.


  Dentre os motivos para cometer seppuku está a falha ao servir seu senhor ou perda da honra por qualquer motivo. Se o senhor do samurai fosse derrotado na guerra e o samurai não cometesse seppuku, nenhum outro senhor iria contratá-lo. Nessas circunstâncias, ele estaria renunciando publicamente à classe dos Samurais e passaria a ser chamado de ronin cujo sentido literal é "homem-onda" pois, tal como as ondas do mar, viveria sem destino certo, normalmente realizando pequenos serviços para os senhores mais abastados ou ensinando a técnica da luta com espadas a quem se interessasse.

Seppuku é uma parte chave do Bushido, o código dos guerreiros samurais. Era utilizado pelos guerreiros para evitar cair nas mãos dos inimigos, ser usado por inimigo e para atenuar a vergonha que isso causaria. Os samurais podiam também receber ordens dos daimyo para que cometessem seppuku. Guerreiros que caíssem em desgraça também tinham permissão por vezes para cometer seppuku ao invés de serem executados. Como o principal ponto do ato era a restauração ou proteção da honra do guerreiro, os que não pertenciam a ordem dos samurais não eram obrigados e não se esperava que cometessem seppuku. Samurais mulheres somente poderiam cometer esse ato com permissão.




Fonte: Wikipedia

20 de fev de 2012

Comprando livros no Japão

Foto retirada do blog: nerdnojapao

Se você é daqueles que gosta de ir para uma livraria e fica horas indeciso no livro que vai comprar, no Japão diferente de algumas livrarias aqui do Brasil, permitem que você faça um "saki-yomi", ou seja uma leitura antes da compra.

Particularmente acho uma coisa muito legal, porque você só abrir e olhar rapidamente, você nunca sabe de cara se o livro é bom. Às vezes vamos por comentários feitos por familiares ou de amigos que já leram determinada obra, mas sempre com aquela dúvida, será que vou gostar?

Sei que o dois aspectos que nos chamam atenção são capas bem produzidas e sinopses bem feitas, mas nada melhor, do que ter os livros em mãos, por isso como leitor, sou a favor que todas as livrarias deixassem de frescura e permitissem fazermos isso, antes de comprar, não concordam?

19 de fev de 2012

Hadaka Matsuri

Sabemos que o Japão é um país que se preocupa muito com disciplina, tecnologia e progresso. Mas existem alguns festivais que são praticados há milhares de anos, que chegam ser cômicos e bizarros. Iremos falar hoje de um desses festivais, mas precisamente o Hadaka Matsuri, Hadaka significa "nu", traduzindo então seria "Festival de homens nus".
Esse festival geralmente acontece em fevereiro, numa época bem fria e ocorre em diversas partes do Japão. Tudo bem, eles não ficam totalmente nus, mas usam uma tanga branca chamada de ofundoshi, que pra essa época lá é pouca roupa. A idade pra participar não importa, mas o ritual é mais indicado para homens de 23 e 42 anos, conhecido como "yakudoshi", idades consideradas de azar.
Eles bebem grandes quantidades de saquê para purificar o corpo, arrancam seus kudoshis( vestimenta japonesa) e começam a andar pelas ruas gritando 'Wasshoi! Wasshoi', que significa "maravilhoso!". Depois de um certo tempo, o corpo de cada um se acostuma com o clima frio, ai então eles jogam água gelada neles mesmos, ou entram na água gelada do mar ou de uma lagoa, para ficarem ainda mais "purificados".
Naked Man Festival, Okayama (5) Purify
O ritual se encerra em um santuário, quando dois pedaços de madeira chamado de "Shinji" são lançados dentro do templo e o homem que agarrar um deles terá boa sorte durante todo o ano. Essa festa foi criada na Era Nara, e seu nome inicial era "Naoi Shinji"(ritual xintoísta para expulsar o mal).

Hoje o festival ficou tão reconhecido que as mulheres também estão participando. Elas fazem o mesmo percurso antes dos homens, para rezar pela segurança deles, como nas fotos abaixo:
naked festival
Confira um vídeo do ritual ocorrido em Konomiya:
Fonte:.japaoemfoco. e 3yen

17 de fev de 2012

Bakumatsu Yondai Hitogiri

No Japão, durante a era Bakumatsu, que foi durante os últimos anos do período Edo e também por entre a data que a política de isolamento terminou no Japão, surgiu um grupo de quatro samurais contrários ao xogunato (xogum era o título do general do exército, que desde o século XII foi uma espécie de governador de todo o Japão, tendo os poderes concedidos pelo Imperador), ficaram conhecidos como Bakumatsu Yondai Hitogiri, ou melhor, os Quatro Grandes Assassinos do Bakumatsu, os seus nomes eram: Kirino Toshiaki (também conhecido como Nakamura Hanjirō), Tanaka Shinbe, Izō Okada e o mais conhecido deles era o Kawakami Gensai.
 
Um fato dito ser "estranho" para algumas pessoas é que durante o seu treinamento acadêmico e marcial, Kawakami Gensai, que era logo o mais perigoso deles não costumava a vencer muitas lutas, mas em contrapartida ele costumava dizer que achava que essas lutas de espadas de bambu não passavam de uma brincadeira. Era dito que sua aparência o levava a ser confundido facilmente com uma garota, ainda que sua natureza fosse totalmente oposta a isso.

Dos quatro samurais, Tanaka Shinbei foi o primeiro a morrer, ele esteve envolvido no assassinato de li Naosuke, que acabou causando vários anos de violência especialmente em Kyoto, acharam a espada do Tanaka na cena do crime e chamaram ele para um interrogatório, o que levou Tanaka a cometer o Seppuku para recuperar sua honra. Okada Izō morreu logo depois, não se sabe muito sobre sua morte.

Kawakami foi o terceiro a morrer, na era Meiji com o fim dos samurais e das idéias xenófobas as idéias dele começaram a colidir com as do governo, armaram acusações falsas e o mandaram para uma missão armadilha o que acabou resultando em sua morte. Kirino Toshiaki foi o último a morrer, ele se juntou ao exercito de Saigō Takamori (um dos mais influentes samurais da história do japão) durante a rebelião de Satsuma, que foi a última tentativa de rebelião contra o novo governo japonês. Kirino ficou ao lado de Saigō até o final, e foi morto no final da rebelião


~ Mídia 
 O personagem ficcional Kenshin Himura, protagonista do animê e mangá Samurai X, foi criado baseado na figura de Kawakami, tanto esteticamente quanto historicamente.

 "IZO é uma experiência cinematográfica totalmente surreal e experimental.
O protagonista é baseado no personagem histórico real Okada Izo, um samurai assassino do período do Bakumatsu. Já apareceu em várias outras obras de diferentes mídias, como por exemplo, o assassino Udo Jun-ei do mangá Rurouni Kenshin foi baseado em Okada Izo." (Pelicula Raivosa)


15 de fev de 2012

Yubisakku

 

 Trata-se de um artigo de papelaria chamado em japonês de yubisakku (指サック). É muito utilizado em escritórios, bancos, correios e todo serviço que mexe com papéis. Serve para folhear algo e não pegar duas folhas juntas. Se já não é lá uma coisa muito higiênica com papel alheio, que dirá iniciar uma contagem de notas de dinheiro com uma lambida no dedo, como muita gente costuma fazer. Com o yubisakku no dedo, você mantém a higiene e pode deixar para lamber ou chupar o dedo para outras ocasiões.
Muitos brasileiros chamam de o yobisakku de “camisinha para os dedos”, até pelo fato de no dicionário ter esse significado > 〔指/yubi〕dedo〔サック/sakku〕camisinha.

 




Fonte: Muito Japão

13 de fev de 2012

Valentine's Day no Japão

No dia 14 de fevereiro é comemorado no Japão o Valentine's Day. Data semelhante ao Dia dos Namorados no Brasil, que é comemorado no dia 12 de junho, desde 1949.

Outros países da Europa, como Itália, França e Dinamarca, Reino Unido, até mesmo os Estados Unidos e Canadá também adotam esta data para comemorar o Dia dos Namorados. 

Nós que assistimos animes e gostamos de ler mangás já notamos, que essa data foi adotada pelos japoneses com certas peculiaridades. O que acontece é o seguinte: as garotas dão chocolates, mas bolos confeitados estão incluídos, para seus amigos, namorados, artistas, chefes e por ai vai. A regra oficial é que somente as mulheres presenteiam os homens, mas quem tem aquela melhor amiga e quiser dar um chocolate para ela como demonstração de carinho ou amizade, pode sem nenhum problema.
Valentine

O chocolate da pessoa amada(honmei choco- figura abaixo) é sempre diferente dos demais e de preferência é feito à mão e não é comprado. Em geral são chocolates em forma de coração e podem conter mensagens de amor. O chocolate dos amigos,colegas, chefes, já comentados anteriormente são chamados de giri choco e são dados sem nenhum interesse romântico, podem ser apenas representação de amizade e gratidão.
Mas não fique pensando que é injustiça com as mulheres, pois no dia 14 de março acontece o White Day( que existe somente no Japão) quando os homens retribuem os presentes com biscoitinhos. Acho que você deveria dar o que quisesse, mas lá eles costumam dar mesmo biscoitos, pois existem lojas que vendem biscoitos somente para a ocasião. Mas como as japonesas em geral são muito tímidas e a sociedade exige este certo padrão de comportamento, o Valentine's Day é o único dia no qual elas podem deixar claro seus sentimentos com relação as pessoas amadas.

11 de fev de 2012

Dia da Fundação Nacional- Kenkoku Kinen No Hi

Foto retirada do: japaoemfoco

Equivalente ao Dia da Independência,o dia 11 de fevereiro, é um feriado nacional do Japão que não tem origem histórica.

O objetivo do feriado é de relembrar e celebrar o estabelecimento da democracia e reafirmar o patriotismo.

De 1873 a 1948, a data foi denominada como Kigen Setsu ou "Empire Day" ( em português Dia do Imperador), e já foi considerado um dos quatros principais feriados do Japão.

Em 1948, a data foi abolida em função de uma nova lei de feriado. Somente em 1966, após a Segunda Guerra Mundia, a data recebeu o nome que tem hoje, Kenkoku Kinenbi, ou Dia Nacional da Fundação do Japão, passando a ser comemorado somente um ano depois, em 1967.

Dizem que santuários xintoístas, direitistas e funcionários públicos desejam o retorno do Kigen Setsu. Os oponentes acreditam que o retorno trarão o militarismo e a violação dos direitos da liberdade do pensamento, religião e educação.
Baseado num livro antigo chamado "Nihon Shoki" ou "Crônicas do Japão", escrito por volta do século 18, nesse dia Kamuyamato Iwarehiko subiu ao trono, tornando-se o primeiro imperador do Japão, com o nome de Imperador Jinmu Tenno.
Dizem que Iwarehiko nasceu e cresceu na província de Miyazaki. Governou a área de Kyushu, transformando-a em próspera e pacífica. Quando chegou a casa dos quarenta anos, decidiu governar o país inteiro, partindo para o Porto Mimitsu, no centro do Japão. Lá encontrou muitas dificuldades por longo dos anos e finalmente chegou a Yamato, atualmente denominado Nara. Lá conseguiu construir o primeiro palácio imperial, assumindo o trono.

Muitos a data significa também reflexão, esforço e comprometimento na construção do futuro do Japão, baseados nos mitos, cultura e tradição.
Muitas casas e até ônibus exibem bandeiras japonesas, demonstrando exatamente o patriotismo. Mas as comemorações são diversificadas, como desfiles, festas tradicionais com apresentações e entre outras coisas.
Abaixo vocês podem conferir um vídeo da comemoração desse dia:
Fonte: vidasemvoltas

10 de fev de 2012

Furin

 

Furin 風鈴 (Sinos do vento) são os pequenos sinos decorativos que soam com o movimento do vento. São feitos de metal, bambu, cerâmica, ou porcelana e ficam suspensos nos galhos das árvores, beirais das casas ou sacadas dos edifícios.

Os sinos são feitos com uma estrutura na qual pode ser pendurado em fios um grande número de materiais, próximos o suficiente para que se entrechoquem quando a circulação do ar no local provocar movimento. Usados em diversas regiões do Oriente com o objetivo de afastar os “maus espíritos” ou trazer sorte, passaram a ser utilizados na música ocidental por sua sonoridde suave, indefinida e esporádica. Nesse caso são movimentados por meio de ligeiros toques de mão, imitando-se o que seria feito naturalmente pelos movimentos do ar. Os instrumentos são chamados de “sinos” acompanhado pelo nome do material usado, sendo os mais comuns os “sinos de bambu”, “sinos de metal”, sinos de vidro” e “sino de conchas”. São conhecidos como “wind bells”, “iron pipes”



A peça de papel pendurada sob o sino, na qual pode trazer a inscrição de um poema ou dizeres de proteção, ao ser soprada pelo vento provoca o tilintar dos sinos. É originário do Japão e serve para indicar a chegada do verão e chamar o vento. Também se acredita que o seu som atrai sorte e felicidade. No Japão, é um som típico de verão ao provocar a sensação frescor da brisa.



O som produzido também interage com a energia de cada pessoa, acalmando o estado de espírito. Por isso, é melhor deixar os sinos onde exista uma leve brisa para que o som seja suave e não estridente,  invoca um relaxamento e aproxima o sentimento mystical. É uma parte integrante das imagens da paisagem japonesa e da composição cultural e de memórias de conjuração do verão para o povo japonês

O som do Furin é um som alfa,  ou seja um som encontrado no primeiro estado de sono ou de meditação. É o som de acalmação o mais natural conhecido aos ouvidos. Este som foi provado reduzir o esforço, realça a faculdade criadora, melhora o modo, expande a consciência e fornece  um sentido de contrapeso natural e de flutuabilidade.



Fonte: SURI-EMU

9 de fev de 2012

Shamisen


Introduzido no Japão na metade do século 16, o instrumento foi inspirado no "sanhsien" chinês e espalhou-se no Japão por meio dos okinawanos, que o chamavam de sanshin. Semelhante ao banjo, possui três cordas que são tocadas com um plectro (bachi) de marfim, madeira, plástico e carapaça de tartaruga de formato triangular e o seu “corpo” é coberto de pele de gato e de cachorro. Já o sanshin (shamisen de Okinawa) usa pele de cobra e o instrumento tem o braço mais curto.

O shamisen quando tocado em conjunto com koto e shakuhachi passa a ser chamado de “sanguen”.





7 de fev de 2012

Nurikabe



 Nurikabe (ぬりかべ) é uma enorme parede invisível que bloqueia uma estrada.
Quando não se alcança um destino, embora se tenha andado muito mais tempo do que o normal, costuma se dizer que é culpa do nurikabe. Dizem que, às vezes, o nurikabe se manifesta de forma visível, e se parece com uma gigantesca parede de pedra com pequenas pernas e braços. Dizem também que, ele impede os aventureiros de viajar a noite, consegue se estender e fazer com que quem tente passar por ele caminhe sem sair do lugar, a menos que de meia-volta. E bater na parte inferior dele faz com que o viajando não seja amaldiçoado.

       
Nurikabe ("Cell Structure", "Islands in the Stream") também é conhecido como um quebra-cabeça japonês lógico de números. Aparentemente (imagem da esquerda) ele lembra o famoso Sudoku, só que com regras bem diferentes.
O objetivo é restaurar o mapa com a disposição das ilhas observando as seguintes regras:

    A informação sobre cada ilha é apresentada como um número que indica a quantidade das células que ocupa esta ilha.
    Qualquer duas ilhas podem entrar em contato entre si somente com os seus ângulos.
    Todas as ilhas contêm somente um número nas suas descrições.
    Um rio está no meio das duas ilhas.
    Todas as células do rio devem ser ligadas entre si.
    O mapa não pode conter nenhum quadrado do tamanho 2 x 2, cujas todas as células contêm rio.



A maior biblioteca brasileira com livros em japonês!

Sabia que aqui no Brasil existe uma biblioteca com milhares de livros escritos em japonês? Essa biblioteca fica em São Miguel Arcanjo, São Paulo. Criada por Tetsuhito Amano, 73 anos,  há 30 anos atrás na colônia de Pinhal, ela conta com cerca de 75 mil livros, incluindo mangás,revistas e um acervo audiovisual. Confira a reportagem sobre ela:
Mas não podemos esquecer também da biblioteca da Fundação Japão, também em São Paulo, que foi inaugurada em 1994, que vem dando suporte à pesquisa da cultura e da língua japonesa além de contar com novas aquisições jpop que podem ser consultadas no catálogo online da biblioteca.

4 de fev de 2012

Design nas unhas

A técnica delicada e detalhista nas unhas virou obsessão mundial, com a atenção feminina voltada para cada lançamento de esmalte. Mas Tóquio continua sendo a capital das criações mais diferentes e originais quando o assunto é unha.

Conhecidas pela atenção ao detalhe, as japonesas elevaram a manicure a um outro patamar, usando decorações em 3D, pinturas à mão e inovadoras técnicas em verdadeiras obras da estética. A origem da manicure japonesa vem da época em que as mulheres nipônicas somente pintavam as unhas para os momentos especiais, que mereciam decorações extravagantes e chamativas. Chegando ao final dos anos 90, esses designs exóticos tornaram-se populares. Desde então o design de unhas, ou pode ser chamado de artes nas unhas virou uma necessidade estética para as jovens japonesas, que esbanjam criatividade em unhas coloridas e decoradas com os mais variados motivos.

Cada unha demora, em média, três minutos para ficar pronta e a decoração pode ser feita em unhas naturais ou postiças, podendo ser alongadas com pó de porcelana ou silicone. A idéia é combinar a unha a personalidade da cliente e todo o trabalho é artesanal. 
E também está se espalhando pelo resto do mundo! As unhas decoradas japonesas são uma verdadeira arte que ganhou adeptas enchendo as mãos de adereços e muita criatividade. E podemos afirmar que sem dúvida a Nail Art, em inglês, já faz parte da cultura japonesa. Aquelas garotas que já estão acostumadas a usar adereços nas unhas, dizem que elas não atrapalham nos afazeres do dia-a-dia.
Abaixo, você podem conferir como as unhas virão artes :p :

É primavera no Japão. Tempo de sakura

No dia 03 de fevereiro o Japão comemora o final do inverno e começo da primavera do Japão, com o ritual do Setsubun e se prepara para se despedir do ar de tristeza do inverno para comemorar a chegada da primavera, que para eles significa o renascer da vida, beleza das flores e boa temperatura.

O símbolo que marca essa belíssima estação do ano no Japão, é nada mais nada menos que as Sakuras.
Espalhando sua beleza pelas calçadas e amenizando o ritmo intenso de trabalho no Japão, neste período tanto o próprio povo japonês como turistas podem desfrutar de momentos de reflexão, descanso e contemplação ao observar as flores espalhadas pelo ambiente, vivenciando um momento de celebração da natureza.

Findando o mês de março e iniciando o de abril, começa um novo ano no Japão. Todas as empresas realizam o fechamento do ano fiscal, os estudantes se formam, e tudo que se fizera antes chega ao seu fim. A rotina de antes é encerrada e renovam-se então as energias para o futuro. Ainda iremos falar um pouco mais da Sakura quando chegar o mês de março, mas pra deixar marcado, não esqueçam que ela são consideradas amuleto de boa sorte e também um emblema de amor e afeição pelo próximo.
Fonte: visaoemfoco.

2 de fev de 2012

Yubizumou

Yubizumou (指相撲) é o nome da brincadeira da foto! Acredito que essa imagem já seja o suficiente para entender, pois temos essa brincaderia no Brasil também! 指相撲 é a junção de 指 (yubi - dedo) e 相撲 (sumô).
Aqui no Brasil essa brincadeira recebe diferentes nomes, de acordo com a região. E acredito que todos já se divertiram alguma vez com yubizumou.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...