29 de mai de 2012

Tamagotchi

 
O tamagotchi (たまごっち) é um brinquedo/aparelho em que se cria um animal de estimação virtual. Onde ele se desenvolve com várias atividades, tipo dar comida e brincar com ele. O tamagotchi foi lançado pela Bandai em 1996 no Japão.

Aki Maita foi quem teve a brilhante ideia, no inicio dos anos 90, de criar os bichinhos virtuais. E associada a Bandai (maior empresa de Brinquedos do Japão) Aki Maita teve a oportunidade de levar seus bichinhos para todo o mundo, o qual se tornou uma febre no Brasil.
E que não teve um quando criança, na década de 90?
 

~Versões 

E a partir dos nossos queridos tamagotchis, que nos acompanhavam em nossas aventuras quando crianças, foram criadas versões de todos os tipos.
  O Tamagotchi Connection V3 foi lançado em 2005 no Japão e só agora está se espalhando pela Europa. É o novo Tamagotchi Connection, que, além do sensor infravermelho e de jogos e funções adicionais àquelas conhecidas, tem interação com o computador. No site Tamagotchi Town, pode-se adquirir produtos virtuais através dos pontos ganhos em jogos. Não paga nada para entrar e se divertir nem para adquirir os produtos virtuais. Estes são armazenados em seu Tamagotchi V3.
  Na Península Ibérica se encontra o Tamagotchi Connection Jinsei, uma 4ª versão melhorada, que permite ao dono ter mais liberdade quanto à comida que dá ao seu bichinho virtual, mais jogos, receber cartas, visitar os outros Tamagotchis e até ligá-lo através de um código ao site oficial.
  Agora o Tamagotchi Connection V5 vem com opção de família, onde ao se comunicar com outro tamagotchi você pode até ter filhotes. A V5 tem 3 tamagotchis dentro de um ovo. Depois quando tiverem idade para casar pode casar por TV (do tamagotchi) ou por comunicação (infravermelhos).
  Em 2008, foi anunciado versão para celular produzida pela Tectoy Mobile.


~No Brasil

No Brasil, a marca Bandai lançou o Tamagotchi na segunda metade dos anos 90. O minigame, que simula a vida de um animal de estimação verdadeiro, ficou popularmente conhecido como “bichinho virtual”.
Em 2008, além da versão para celular, foi criada uma nova geração do aparelho com cores. Assim, pela primeira vez, o bichinho virtual pôde ser visto em telas coloridas.
Para nós não é difícil imaginar de como surgiu essas novas versões e funcionalidades, pois com o avanço da tecnologia não poderia ser diferente. Daqui uns anos estaremos entrando em outros mundos com nossos tamagotchis, como em Digimon.




26 de mai de 2012

Tokyo Sky Tree x Outras torres japonesas famosas

Como a conclusão da Tokyo Sky Tree é a novidade do momento no Japão, principalmente por sua altura, um programa de tv resolveu compará-la com as outras torres já construídas no Japão, confira abaixo a comparação: 
Tokyo Sky Tree, Tokyo Tower, Nagoya TV Tower e Sapporo TV Tower, respectivamente são todas torres de transmissão que possuem pontos turísticos. Onde somente a última Osaka's Tsutenkaku utilizada como ponto turístico.
Fonte: japanprobe.

25 de mai de 2012

Meses do ano e seus significados

 PRIMAVERA:

Janeiro (mutsuki): Como é o primeiro mês do ano, os japoneses têm a tradição de por de molho os primeiros grãos de arroz produzidos no ano.

Fevereiro (kisaragi): Significa época em que as plantas renascem.

Março (yayoi): Originado de iyayoi, palavra que traz a idéia de maior exuberância adquirida pelas plantas.


VERÃO:
 
Abril (Uzuki): É o mês em que floresce a u no hana, flor da espécie saxífraga.

Maio (satsuki): Abreviação de  sanaezuki. É o mês que se planta as primeiras mudas de arroz.

Junho (minazuki): Época de estiagem e falta de água, chamam o mês de  minazuki por se época de irrigar as plantações de arroz.

 
OUTONO:

Julho (fumizuki): Vem de fufumizuki, ou seja, os grãos de arroz começam a se formar. Chama-se fumizuki também pelo fato de pôr os livros ao sol para evitar que sejam estragados por insetos.

Agosto (hazuki): Significa perder as folhas. Por ser época de hohari, ou seja, do desenvolvimento dos cachos de arroz.

Setembro (nagatsuki): Existem versões como forma abreviada de inakaritsuki, que quer dizer mês da colheita de arroz, e também, por ser o mês em que a noite passa a ser mais longa.


INVERNO:

Outubro (kannazuki): Segundo a lenda, mês que todos os Deuses se reuniam no Grande templo de Izumo.

Novembro (shimotsuki): Forma abreviada de shimooritsuki, mês das geadas, ou ainda, forma abreviada de shiteosamezuki, que significa mês de depositar os grãos colhidos.

Dezembro (shiwasu): Pelo fato de os monges percorrerem várias localidades para realizar leituras de sutra. Pode se ainda interpretado como toshihatsuru, ou seja, o findar do ano.
Fonte: japaocultura

22 de mai de 2012

Komagane - A belíssima cidade rural

komagane
Uma das nossas leitoras Diana, brasileira residente no Japão, possui um blog: http://cariocanojapao.blogspot.com.br onde ela compartilha as experiências que ela vem vivenciando desde que chegou ao Japão e lá ela postou um vídeo da cidade rural de Komagane, arredores de onde ela mora, o qual achei bem interessante trazer, para que vocês sintam a tranquilidade de uma cidade rural do Japão :)


20 de mai de 2012

20 Doces Japoneses Estranhos

Tratando-se do japão, muitos podem dizer que juntar "japoneses" e "estranhos" numa mesma frase é pleonasmo, quase como falar "subir para cima". E antes que achem que eu estou chamando eles de esquisitos, o que quero dizer com a palavra 'estranho' é que são diferentes.

Voltando aos doces, já devem ter ouvido falar de sorvetes dos mais diversos sabores, tal qual sorvete de feijão. Também ter ouvido falar, quem sabe provado, outros doces mais diferentes ainda. Aqui vai uma listinha com apenas 20 nomes, depois de lerem, digam: quais vocês encarariam?

1 - Este pode ser um pouco sexista, mas aí vai mulheres: Estão insatisfeitas com o tamanho do seus bustos? Querem que aumentem? Os vendedores do Bust Up Gum, "Chicle Aumento de Busto", dizem que ele pode aumentar e firmar seus seios. Também dizem que mascando ele, vai melhorar a aparência de seus cabelos e unhas...


Bem... Ao menos a embalagem é bonita.

2 - Yuzu Kit Kat. Kit Kat já se tornou bem conhecido aqui no Brasil, mas no Japão ele até já tem versão alternativa. Esta tem Yuzu ,uma cruza de Limão e Lima feita pelos Japoneses, e pimenta  adicionados à receita... Sim, também tem pimenta. Não que chocolate e pimenta seja algo novo por aqui, mas qual será o sabor deste Kit Kat cítrico e apimentado?



3- Chicle No Time. Para quem não teve tempo de escovar os dentes, pegue um, masque e 'voila'... Ou quase lá. e.e'


4 - Suplitol Tongkat Ali Gum for Men. Nada mais nada menos que um chicle... Suplemento para homens. Sim, suplemento em chicle, mas ele não apenas melhora o desempenho, ele ajuda na disfunção erétil. Feito com ervas da região da Malásia, algumas outras ervas e até mesmo guaraná. O slogan é mais ou menos "para homens que querem permanecer jovens, fortes e sexualmente ativos uma vida inteira"... Os marombeiros piram, cara. (Sem ofensas, é claro)


5 - Echizen Kurage Candy, o caramelo de água-viva. O doce é feito de Echizen Kurage, uma água-viva de cerca de 2 metros de comprimento e 200 quilos. SIM, 200 QUILOS.
Tá aí uma foto da bichinha:
Ela também é conhecida como "água-viva de Nomura". Graciosa, não?

Voltando ao doce, estudantes da 'Escola de Pesca de Obama' desenvolveram um doce de caramelo com esta água-viva, só não sei dizer que parte dela.


Ah, o doce de água-viva também está disponível na versão biscoito.


6 - Every Burger, o chocolate em formato de hambúrguer, para aqueles que não aguentam mais comer chocolate em barra ou em forma de tartaruga.


E, claro (ou não tão claro), para aqueles que não curtem muito chocolate ou nem podem comer chocolate, mas ainda assim curtem hambúrguer... 'Bala de Hambúrguer'.



7 - Ika. Primeiro fatie a lula, depois desidrate e então, com muito carinho, cubra-a com chocolate...


Os Franceses fizeram com formigas... Por que não com lulas? Go go go, Japão.

8 - Balas de Okonomiaki, da mesma empresa da já citada bala de hambúrguer, vem mais uma criação (hey, balas de comida estão em alta no Japão, ok?)... Maionese, repolho, rabanete e aromas abundantes nesta pílula...


9 - Voltando a falar de balas de caramelo, mas pulando de águas-vivas para carneiros, que tal um com sabor de carne de carneiro grelhada? Vegetarianos gon' hate.


10 - Mas os vegetarianos não ficam de fora na terra do sol nascente. O 10 doce é PepperFruit. Este é feito de um mix de frutas com peppercorn, os grãos de uma pimenta... Bom, teoricamente é fruta com fruta e não fica tão estranho, fica?


11 - Aos que já estavam esquecendo das balas de comida, lá vai mais uma. Takoyaki Drops, balas de Takoyaki. Takoyakis são bolinhos feitos com polvo muito populares no Japão e já mencionados aqui no blog. Os bolinhos geralmente são acompanhados de maionese japonesa e cebolinha picada... Dizem que o gosto destas balas parece com o de uma refeição...


Fico imaginando qual seria a versão de algo assim aqui no Brasil... Bala sabor churrasco-de-domingo ou lasanha-da-mamãe?

12 - Cake Soda... Este é para beber, Refrigerante de Bolo. Provavelmente vai te causar algumas cáries, mas sempre lembrem que podem mascar um No Time quando preciso.


13 - Cerveja de chocolate. Os japoneses não são os primeiros a misturar cerveja e chocolate, mas né... É do Japão, e quando é do Japão é sempre mais legal (?). xD


14 - Green Mil Tea Kit Kat. Mais uma versão japonesa de Kit Kat, este tem sabor de chá de limão com leite. Os britânicos é que iriam gostar de algo assim, imagino eu.


15 - Propaganda Política... Sim, doces com propaganda política, se tratando do Brasil dariam diarreias tremendas, aposto. De qualquer forma, parece que os Japoneses se interessaram pelas campanhas políticas de 2008 nos Estados Unidos tanto quanto os estado-unidenses.


Isto me faz pensar em muitas piadas... Muitas...

16 - Drug Candies... Não, eles não vão deixar pessoa alguma loucona, pelo menos não é a ideia... xD
Estas balas tem suplementos para dar energia ou aumentar suas funções cerebrais...

Alguém compra e me da ao menos a caixa? xD

17 - Arte de Chocolate... Sim, são pequenas estatuas de chocolate, geralmente feitas para serem dadas como presente no Valentine's Day... E antes que alguma guria fique feliz, lembrem-se, no Japão os chocolates do Valentine's Day vão apenas para os homens.


Vê um em forma de Gundam para mim, por favor? :B

18 - Gummy Choco... Balas de goma cobertas de chocolate. Você sabe que uma. :B


19 - Chicle de Café... Sim, para um bafo de café mais longo. Mas, quem se importa com hálito? Café é sempre café acima de tudo. O problema é não querer engolir.


E aí? Os doces estão ficando muito normais? Vamos lá, o que será o último?

MAS, antes disto, um parênteses: Não é possível falar de doces e Japão sem mencionar FIT's, a goma de mascar com uma das propagandas mais conhecidas na internet, ou pelo menos já teve a sua época.


Sem mais delongas, o último doce de nossa lista.

20 - Deviled Egg Candy... Traduzido ao pé da letra, doce de ovo picante. Lembra aquela ideia de doces com formato de comida de verdade e afins, claro, fugiu um pouco da ideia central.


E aí, quais você gostaria de experimentar? Quais não provaria? Quais indicaria para alguém e quais daria para um amigo provar só para rir um pouco?...


Fonte com alterações: Wierd Asia News

18 de mai de 2012

Tanuki



O Tanuki é mais uma das criaturas sobrenaturais japonesas criadas a partir de espíritos de animais.
Seu comportamento assemelha-se com o das kitsunes, mas suas histórias são leves e às vezes cheias de humor. Uma das habilidades mais notáveis do tanuki é a de mudar de forma, frequentemente se transformando em homens. Apesar de ser uma criatura que gosta de pregar peças em humanos, ele não é considerado perverso, por mais que às vezes se crie uma confusão em torno disto. Existia uma certa confusão sobre que bicho representava o tanuki, mas ele foi depois associado ao texugo japonês.



 Até hoje suas estátuas podem ser vistas especialmente do lado de fora de restaurantes e bares para atrair clientes. Ter um amuleto do tanuki traz boa sorte, visto que capa parte (chapéu, olhos, etc) tem um significado diferente.
Isso porque antigamente, na metalurgia, a pele do animal tanuki era utilizada para trabalhar o ouro, razão pela qual o youkai foi associado a este metal precioso. Também é por isso que é dito possuírem os Tanukis “kintama”, literalmente “bola de ouro”, uma forma coloquial de se referir a testículos.
Ele é normalmente representado sentado, com uma enorme barriga, uma mão segurando um saquê e a outra uma nota de uma compra que ele nunca vai pagar.

Outra característica particular envolve os seus testículos. O animal tanuki possui testículos naturalmente maiores. No folclore, se assoprados e esticados, os testículos de um Tanuki podem atingir o tamanho de cerca de 8 tatamis. Na arte gráfica cômica tradicional japonesa, o Tanuki é retratado utilizando seus testículos de diversas maneiras, tais como rede de pescar, barco, capa de chuva, ou até mesmo cobertor.

Dependendo da forma e da localidade onde aparece, o Tanuki pode receber nomes diferentes. Na província de Kagawa, em Shikoku, ele é chamado de Ashimagari. Às vezes, também pode ser chamado de Bakedanuki, referenciando ao grupo dos Bakemono.
 










16 de mai de 2012

Tokyo Hotaru Festival 2012

Vaga-lumes já foram muito comuns em todo o Japão, inclusive no rio Sumida que atravessa o centro da cidade de Tóquio, a capital do Japão. Durante o período Eda, era muito normal pessoas brincarem de caçar vaga-lumes em noites de verão a beira do rio. Os vaga-lumes existiam em grandes quantidades e davam um verdadeiro show de luzes.



Mesmo que procure por eles, são poucos os locais onde é possível achar estes incríveis insetos pela noite no Japão. No dia 6 de Maio deste ano ocorreu um evento intitulado "Uma Sinfonia de Luz Criada pelo Rio e as Árvores", no qual cerca de 100 mil lâmpadas de LED que armazenam energia solar - chamadas Inoriboshi (Estrelas que Oram) - foram liberadas no rio Sumida. Elas representariam os vaga-lumes que costumavam existir ali e chamariam a atenção para a coexistência humana com a natureza.
As lâmpadas foram cedidas pela Panasonic, que diz que as mesmas foram feitas para ligar em contato com a água. Elas foram recolhidas por redes mais tarde.


Este evento fez parte de um ainda maior, o Tokyo Hotaru Festival 2012, Festival de Vaga-lumes de Tóquio 2012, que ocorreu dias 5 e 6 de Maio. O festival fez uso da área ao redor do rio Sumida na parte central da capital e o próprio rio como palco para atrações artísticas e religiosas, dentre as quais pode-se citar simpósios e desfiles com templos portáteis, mini-concertos, performances e etc. organizados por crianças e estudantes da Universidade Nacional de Belas Artes e Música de Tóquio.


O evento possuiu áreas pagas e livres de custo, tendo atrações para todos os públicos, no site oficial o organizador do evento diz que o dinheiro (ou parte dele) vai para os fundos de reparação do rio e proteção ambiental do mesmo.







O site oficial do evento é apenas em Japonês, mas você pode vê-lo aqui: http://tokyo-hotaru.jp/

Uma galeria de imagens pode ser vista no site também, para achá-la mais facilmente, podem acessar por este link: http://tokyo-hotaru.jp/collection/index.html

Segue dois dos vários videos feitos do evento disponíveis no youtube:








fontes:

Site oficial do Tokyo Hotaru Festival 2012: http://tokyo-hotaru.jp/
Site Spoon Tamago: http://www.spoon-tamago.com/2012/05/10/tokyo-hotaru-led-lights-sumida-river/
Site This is Collosal: http://www.thisiscolossal.com/2012/05/100000-led-spheres-flowing-down-a-japanese-river/
Fonte de Imagens: Site Oficial do Tokyo Hotaru Festival

14 de mai de 2012

Ayatori

 Ayatori é um tradicional jogo para meninas. Esse jogo é conhecido aqui no Brasil como "cama de gato", que era diversão para as crianças antigamente.

Um barbante, amarrado com um nó, é colocado nos pulsos ou nas pontas dos dedos, das duas mãos e monta-se várias formas como pontes ou um rio. Uma pessoa sozinha pode brincar, manipulando os dedos de suas mãos e duas pessoas podem mudar as formas, passando o barbante por baixo, por fora, em várias maneiras diferentes de segurá-lo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...